Fresh Kid da semana: Amy Winehouse

Ok! Let’s go back to Black e relembrar que há exatamente um ano, o mundo perdeu uma das artistas mais importantes do século XXI, Amy Jade Winehouse, nascida em 14 de setembro de 1983 (mesma data do rapper Nas), teve sua vida interrompida aos 27 anos como Janes JoplinKurt CobainJimi Hendrix, entre outros.

Amy publicou apenas dois álbuns em vida, unindo soul, jazz, pop e R&B e revisitando seus antepassados. Cantora excepcional, e em pouquíssimo tempo ela arrebatou a crítica e reuniu em torno de si uma legião de seguidores fiéis. Contudo, sua vida pessoal sempre foi o alvo de discussão na mídia mundial, mas nós aqui da Black Excellence temos o compromisso com o impacto cultural do artista, sendo assim a nossa Fresh Kid da semana é a hipnotizante Amy Winehouse.

Amy surgiu trazendo um ar nostálgico em roupas retrô misturado com uma atitude totalmente contemporânea. Sua voz e canções marcaram tanto quanto seu cabelo, sua maquiagem e suas roupas. Não seguia tendência, era tendência. Cabelo, roupas, maquiagem, enfim, tudo à lá Amy. O delineador sempre bem marcado foi resgatado por ela, e de “delineado gatinho” virou: delineado da Amy.

Amy Winehouse adorava seus vestidinhos de alcinha, curtos, alguns em estilo Vichy, um misto de bonequinha e pin up explosiva. Além dos vestidinhos, Amy era adepta das calças skinny, das camisetas e camisas de botão de manga curta, bem justinhas ao corpo e sapatilhas. Uma livre inspiração em Audrey Hepburn, outra diva imortalizada pelo seu estilo.

Amy Winehouse foi modelo de sua própria coleção de roupas para a marca Fred Perry. Ao todo, foram criadas 17 peças exclusivas inspiradas no seu próprio estilo de se vestir no dia-a-dia.

Amy Winehouse marcou expressivamente a moda, que tanto editoriais de moda como desfiles foram feitos inspirados no seu estilo. Em janeiro deste ano, Jean Paul Gaultier apresentou um desfile de alta costura inteiro feito em homenagem à cantora. 

Amy inspirou estilistas renomados no mundo todo. Karl Lagerfeld tinha em Amy um modelo padrão. Ele a comparava a Brigitte Bardot. Para se ter ideia do quanto Amy também foi um ícone para a moda, o vestido de chifon, branco, que usou na capa de seu álbum “Back to black” foi leiloado e arrematado por 50 mil euros algo em torno de R$ 123 mil reais.

Voltando a música… A nova atualização da Billboard 200, a principal parada de discos dos EUA, traz o rapper Nas em 1º lugar com o lançamento do álbum “Life Is Good”. Nas e Amy cultivavam uma amizade de longa data, no albúm Nas & Amy gravaram a  faixa “Cherry Wine”, na semana de lançamento, o álbum vendeu 149 mil cópias.

Definitivamente Amy ainda permanece inatingível em meu MP, o fato de ter sido hipnotizada por sua música, abriu totalmente meus olhos para a sua atmosfera cultural. Não que eu ignore todo o seu histórico de vícios e afins, mas acredito que cada pessoa no mundo escolhe como sobreviver e lutar contra seus demônios, e as pessoas são livres para isso. Amy viveu de música, Amy honrou a música… Tornando assim o seu legado épico!

Felizes são aqueles que conseguem captar a alma do “Live FastDie Young“.  ‘R.I.P’

“I don’t think your ability to fight has anything to do with how big you are. It’s to do with how much anger is in you.” – Amy Winehouse

Excellence is the bare minimum – Alvim Kingdom

Ao som de Amy Winehouse – What is it about men? 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: