arquivo

Fresh Kids

Ok! Let’s go back to Black e relembrar que há exatamente um ano, o mundo perdeu uma das artistas mais importantes do século XXI, Amy Jade Winehouse, nascida em 14 de setembro de 1983 (mesma data do rapper Nas), teve sua vida interrompida aos 27 anos como Janes JoplinKurt CobainJimi Hendrix, entre outros.

Amy publicou apenas dois álbuns em vida, unindo soul, jazz, pop e R&B e revisitando seus antepassados. Cantora excepcional, e em pouquíssimo tempo ela arrebatou a crítica e reuniu em torno de si uma legião de seguidores fiéis. Contudo, sua vida pessoal sempre foi o alvo de discussão na mídia mundial, mas nós aqui da Black Excellence temos o compromisso com o impacto cultural do artista, sendo assim a nossa Fresh Kid da semana é a hipnotizante Amy Winehouse.

Amy surgiu trazendo um ar nostálgico em roupas retrô misturado com uma atitude totalmente contemporânea. Sua voz e canções marcaram tanto quanto seu cabelo, sua maquiagem e suas roupas. Não seguia tendência, era tendência. Cabelo, roupas, maquiagem, enfim, tudo à lá Amy. O delineador sempre bem marcado foi resgatado por ela, e de “delineado gatinho” virou: delineado da Amy.

Amy Winehouse adorava seus vestidinhos de alcinha, curtos, alguns em estilo Vichy, um misto de bonequinha e pin up explosiva. Além dos vestidinhos, Amy era adepta das calças skinny, das camisetas e camisas de botão de manga curta, bem justinhas ao corpo e sapatilhas. Uma livre inspiração em Audrey Hepburn, outra diva imortalizada pelo seu estilo.

Amy Winehouse foi modelo de sua própria coleção de roupas para a marca Fred Perry. Ao todo, foram criadas 17 peças exclusivas inspiradas no seu próprio estilo de se vestir no dia-a-dia.

Amy Winehouse marcou expressivamente a moda, que tanto editoriais de moda como desfiles foram feitos inspirados no seu estilo. Em janeiro deste ano, Jean Paul Gaultier apresentou um desfile de alta costura inteiro feito em homenagem à cantora. 

Amy inspirou estilistas renomados no mundo todo. Karl Lagerfeld tinha em Amy um modelo padrão. Ele a comparava a Brigitte Bardot. Para se ter ideia do quanto Amy também foi um ícone para a moda, o vestido de chifon, branco, que usou na capa de seu álbum “Back to black” foi leiloado e arrematado por 50 mil euros algo em torno de R$ 123 mil reais.

Voltando a música… A nova atualização da Billboard 200, a principal parada de discos dos EUA, traz o rapper Nas em 1º lugar com o lançamento do álbum “Life Is Good”. Nas e Amy cultivavam uma amizade de longa data, no albúm Nas & Amy gravaram a  faixa “Cherry Wine”, na semana de lançamento, o álbum vendeu 149 mil cópias.

Definitivamente Amy ainda permanece inatingível em meu MP, o fato de ter sido hipnotizada por sua música, abriu totalmente meus olhos para a sua atmosfera cultural. Não que eu ignore todo o seu histórico de vícios e afins, mas acredito que cada pessoa no mundo escolhe como sobreviver e lutar contra seus demônios, e as pessoas são livres para isso. Amy viveu de música, Amy honrou a música… Tornando assim o seu legado épico!

Felizes são aqueles que conseguem captar a alma do “Live FastDie Young“.  ‘R.I.P’

“I don’t think your ability to fight has anything to do with how big you are. It’s to do with how much anger is in you.” – Amy Winehouse

Excellence is the bare minimum – Alvim Kingdom

Ao som de Amy Winehouse – What is it about men? 

 

“Extraordinary swag and a mouth full of gold”

 

Rocky talvez é o cara mais “hypado” da cena, vem sendo muito bem elogiado por revistas e portais de entretenimento, tem um som bom e diferente porém bem polemico arriscando colocar uma “branca” falando a palavra “nigga” o que não é muito legal nos USA, e sem dúvida tem um swag bem original

 

 

“All Black Everything” a maioria das vezes que ASAP é visto ele ta bem básico com todas as peças de roupas na cor preta, um cap bem fundo e tranças no cabelo, mas o que faz dele ser um dos Yankees mais estilosos do ano segundo a revista Complex ?

 

Originalidade, é isso que diferencia ele de alguns artistas, bastante gente usa um consultor de modas segue tendencias e etc. O figurino do A fucking SAP em seus vídeos, entrevistas … todas as coisas, são dele. O que eu acho muito foda! Você colocar a sua personalidade no que esta vestindo, mostrar quem você é, se vestir para si mesmo e não para os outros.

No vídeo “A$AP Rocky – Goldie (Behind the scene) ele fala de que não precisa de um estilista, que tudo o que ele usa o pertence.

Tem uma frase do Pharrell Williams que descreve bem o que o Pretty Motherfucker tenta passar na maneira de se vestir. A frase diz o seguinte

“Fashion has to reflect who you are, what you feel at the moment, and where you’re going. It doesn’t have to be bright, doesn’t have to be loud. Just has to be you”

Excellence is the bare minimumThales Fazan

John David Jackson, Negro do Brooklyn nascido na década de 70, rico, famoso e estiloso. Não é atleta, ator, ladrão nem modelo. Com isso é impossível não presumir que ele seja um Rapper. Fabolous também conhecido como Fab, pousou pesado na foto abaixo, Largadão com brilhantes e claro um par de óculos escuros.

Em 2007 ele destruiu e fez jus ao seu nome – FABULOSO – Ao meu ver, foi o ano que o consolidou na cena. Um ano após ter assinado com a Def Jam  se tornou capa do jogo da própria gravadora. No estilo All Black Everything, A calça e Jaqueta jeans são bem largas e o cabelo é curto! A bota é aberta, e a cara fechada. A imagem passa exatamente o que o jogo precisa passar. Peso! Agressividade!

Em 2010 – Lançou um vídeo que me fez perguntar a mim mesmo: Que porra de açougueiro que trabalha de toca e óculos escuros !? – Fabolous! I’m Raw – é um clipe pesadíssimo onde Fab, manda as rimas em um estoque de carne (nada tendencioso). Como a própria produtora divulgou em sua pagina oficial, ” O sangue era real, as partes dos corpos eram reais. Os resultados são reais.” O Clipe foi assumidamente inspirado na épica cena de Rocky Balboa e é Muito bom!

Atualmente Loso contabiliza mais de 5 Albuns gravados e está trabalhando em cima de sua nova Mixtape – There is no competition 3 que antecede seu próximo album ” Loso’s Way 2: Rise to Power

Uma das músicas da Mixtape friza seu própio Swag – ” Swag Champ”  explica porque Fabolous é o campeão no SWAG.

O teaser do clipe foi apresentado com o mesmo tema musical usado em Rocky Balboa – e no clipe oficial Loso treina com uma camiseta hoodie estampada em full size (A3) da Givenchy numa pegada meio esotérica mostrando o que ele faz para se manter O SWAG CHAMP.

“I let you kiss the ring, but you’ll never touch the crown.”

Free your mind: Luis Sorroche

Na letra da música “Otis” de Jay-Z ft Kanye West, Hov diz as seguintes palavras, “I Invented Swag”. Sinto-lhes informar mas quem realmente inventou o swag sem saber que tinha inventado o swag foi nada menos que ele, Fresh Prince. A década de 90 foi a época de ouro para o Hip Hop, um aglomerado de estilo era notável nas pessoas que faziam parte da cultura. Snapbacks, Gold Chains, Sneakers, Wayfarers & Some Classics Shit.

Agora vamos ser sinceros, quem é a pessoa que usa Smoking por cima de uma camiseta super colorida, uma gravata de borboleta, um Snapback e por último mas não menos importante um par de JordansAir Jordan V White/Black-Fire Red ) sem os cadarços e fica tão legal ? As pessoas dos anos 90 se arriscavam muito no visu e no meu ponto de vista, acertavam sempre !

Raspa dos lados e embaixo, mantém um afro quadrado BANG ! esse é o famoso corte de cabelo chamado “Flat Top” muito usado na época, hoje em dia pouca gente usa, porém eles estão bastante evidentes em clipes de Rap dos anos 90.

It’s Summertime ! Mas o abuso e a ousadia de cores nas camisetas, camisas, calças permaneciam durante o ano todo, o importante era você ser notado por onde passasse, e o Fresh Prince junto com seu fiel escudeiro o DJ Jazzy Jeff, sabia muito bem como fazer isso.

O ápice do Swag é você usar um Boombox tocando seus Raps favoritos como acessório, é claro sem esquecer sua calça xadrez, sua camiseta colorida, a Gold Chain e os Sunglasses . Os incomodados que se mudem eu to aqui pra incomodar !

Campainha é para os fracos. Quem mais você conhece que canta Soul 2 Soul – Back To Life, enquanto bate na porta de uma casa usando a mesma como um “MPC” ? Você pode ser legal, mas nunca vai ser tão legal quanto esse cara.

Excellence is the bare minimumThales Fazan

O “Rei do Pop” era um pacote invejável de talento. Cantava sensacionalmente bem e com uma facilidade de arrepiar. Seu modo de dançar poderia ser referenciado como de “anjo” e “demônio”. A criatividade e toque artístico em seus vídeos clipes impressionou e impressiona o mundo até hoje, 3 anos após sua morte. Mas o seu pacote “pop” vai além da música. Sua “excelência negra” estava presente em seu estilo também. Vamos dar uma volta na vida fashion do  Kid mais Fresh que já existiu.

No começo dos anos 70, Michael ainda fazia parte do Jackson 5 e era apenas um adolescente. No entanto, seu senso de estilo já era notável com camiseta gola V estampadíssima, colete e um afro que gritava “black style”.

Michael arrasava em seus clipes em todos os quesitos. A jaqueta de motoqueiro de Thriller até hoje é HYPE no mundo da moda. No final dos anos 80, essa peculiar peça causou uma red-jacket-fever (é, igual Bieber Fever), fato que deve ter impulsionado os materiais: couro vermelho e zippers na bolsa de valores. Não podemos esquecer que, no mesmo clipe, ele foi o primeiro lobisomem a usar uma Varsity Jacket.

Mr. Jackson killed o American Music Awards com seu clássico visual militar em um casaco-Sergeant-Peppers todo “gliterado”. O que o deixa mais fresh nisso, é que ele estava namorando a Brooke Shields. Namora-la, naquela época, tinha mais importância do que namorar a Beyoncé hoje. Sem falar nas questões raciais. Michael estava Big Pimpin’ em 1984 antes mesmo de Jay-Z.

Depois de chocar muitos com as diversas vezes que ele tocou seu órgão sexual no clipe de “Bad”, o Rei não parou de repetir o movimento desde então. Em sua turnê Dangerous, ele decidiu chamar muita atenção com um protetor de virilha dourado, calça de couro justa e uma jaqueta holográfica com acessório dourado Rambo-style.

Depois de anos, o cantor nunca perdeu seu bom gosto de guarda-roupa. Nessa imagem de 2009, Michael estava no melhor estilo All Black Everything de paletó com tachas douradas da marca francesa Givenchy. O melhor é que era da coleção feminina. MJ doesnt gave a fuck, he just want to rock!

Em Billie Jean, MJ realmente dá um show de estilo: seu clássico Oxford na cor branca; meias, como sempre, amostra; calça, corte tradicional, de couro preta em conjunto com blazer preto e; camisa rosa e gravata borboleta vermelha.

Na minha humilde opinião esse foi o melhor look do Michael em vida. Usar uma outfit em couro com gravata borboleta só sendo Rei. A composição do seu estilo com a música mostra um Michael Jackson looking-moving-sounding fresh to death!

PS: algo me diz que foi esse vídeo que inspirou o visual de Kanye West  na gravação do Storytellers da VH1.

One luv _\\// – Rafito

Imagem

Rihanna é uma turbilhão de diversidade quando se trata de estilo. A única coisa em comum com todos os modelitos da cantora é: IT ROCKS! Nesse mês, ela foi de Louboutins e Gio Forbice à jeans rasgados e molentos. Check it out! 

Imagem

Em 14 de junho, Riri com camiseta linho-seda vermelha do estilista Alexander Wang e Trash Oxford “Havana Woman” de Christian Louboutin.

Um dia depois, a ex de Chris Brown estava esperando amigas em frente da 40/40 Club, do “padrinho” Jay-Z, com uma combinação de jeans, regata com estampa inspirada em música dos Smiths, junto com high top sneakers do estilista italiano Gio Forbice.

E ontem, dia 18, a cantora foi pega pelos paparazzis com algo bem mais casual, mas muito style: moletom da Radarte, jeans rasgado, botas Timberland, e cap, assinado pelo rapper Lil Wayne, da TRUKFIT.

Sem falar que ela acabou de ser fotografada pelo legendário, e também-fresh-kid, Terry Richardson.

Ela deveria ser a Fresh Kid do mês, porque bater esse “pacote de estilo”, em junho, vai ser difícil.

One luv _\\//Rafael Cruz